Problemas de Wi-fi: como resolver?

Problema de Wi-fi e de manutenção da conexão com qualidade podem trazer muitos problemas. Afinal, atualmente os estudos, o trabalho e até mesmo o contato social dependem de uma boa conectividade com a internet.

Junto a isso, há o fato de que em razão da pandemia as pessoas estão o maior tempo dentro de suas casas. Um problema com a conexão de internet pode refletir, então, na suspensão de várias atividades que dependem dela.

Com base nisso trazemos hoje algumas dicas importantes para colocar em prática em caso de problemas com a conexão móvel do lugar em que se encontra. Existem algumas soluções que podem contornar os óbices e recuperar sua tranquilidade.

problemas de wifi

Gosta de jogar online e precisa de uma boa conexão de internet? Saiba quais os melhores planos pelo Compara Plano: https://comparaplano.com.br

Problemas de Wi-fi: Quais os principais motivos?

São várias as situações que podem gerar problemas à conexão à rede de internet móvel. Cada um deles possui uma solução diferente e, por isso, é importante saber identificar qual o tipo de desafio que se está encarando.

Dentre os principais tipos de situações que geram problemas na conexão de Wi-fi estão:

  • Rede insuficiente para o número de usuários;
  • Problemas de conexão do modem;
  • Localização errônea do modem e outros;
  • Repetidor de sinal incompatível com o modem;
  • Falha na concessão de serviços da operadora;

Abaixo, veja como é possível contornar cada um desses problemas e, assim, acabar com os problemas de Wi-fi.

1. Rede insuficiente diante do número de usuários

Um dos problemas de Wi-fi mais comuns, seja para conexão pelo celular, notebook, tablet ou desktop é o alto número de pessoas que estão utilizando a rede simultaneamente.

E não é só isso! O tipo de atividade que cada um dos usuários está realizando também pode influenciar. 

Nesse sentido, considere um local em que pessoas compartilham a internet e, enquanto umas fazem uso dela para jogar online, outras acessam o streaming e outras, ainda, estão usando planilhas e documentos na web.

Numa situação conforme esse cenário, tem-se que as duas primeiras atividades  provavelmente irão sugar muito mais da conexão do que a terceira, que sai prejudicada. A velocidade em geral tende a cair.

Assim, sempre que houver a contratação de um plano de internet móvel é preciso considerar o que ela oferece e quais são as atividades que se pretende realizar online. Somente assim se garante a compatibilidade e se evitam problemas de Wi-fi do tipo.

2. Problemas de conexão do modem

A conexão do modem, embora possa parecer algo óbvio, está entre os principais motivos de erros que atingem a internet móvel.

Cabos soltos, dobrados ou mal conectados irão causar problemas de Wi-fi e é por isso que quando aparecer qualquer tipo de óbice de conexão ou velocidade é preciso analisar o modem. 

Confira-os, retire-os e recoloque-os e reinicie o modem. Isso acaba ajudando na grande maioria dos casos, acredite.

Igualmente, é claro, não se esqueça de conferir se a sua conta de internet do mês foi devidamente paga. A partir do atraso é comum que as operadoras não cortem o sinal, mas diminuam sua potência.

3. Localização do roteador

Em terceiro lugar trazemos uma das causas mais comuns dos problemas de Wi-fi: a localização do roteador.

Uma vez que ele é o responsável por distribuir o sinal pelo imóvel, sua localização se torna extremamente importante. Afinal, ele deve conceder a mesma qualidade de conexão em todos os cômodos.

Assim, tenha em mente as seguintes dicas ao posicionar o seu roteador de sinal:

  • Nunca o deixe em lugares baixos;
  • Evite quinas;
  • Caso haja um corredor central no imóvel, posicione o roteador ali, preferencialmente;
  • Busque um cômodo que seja central e que não encontre tantas dificuldades na distribuição do sinal.

4. Repetidor de sinal incompatível com o modem

Você tem um repetidor de sinal de internet móvel e mesmo assim se deparou com problemas no Wi-fi? Pois saiba que o motivo deles pode ser justamente o aparelho que você comprou.

Muitas pessoas acabam se empolgando na compra de repetidores de sinal. Entretanto, é comum que optem pelos mais baratos e, consequentemente, menos potentes.

Isso desemboca no seguinte cenário: um bom Wi-fi cuja distribuição se faz com auxílio de um modem potente e que se depara com um repetidor com potência muito inferior.

Note, então, que o repetidor não terá força para repetir o sinal de internet. Ele, portanto, não lida com os problemas de Wi-fi conforme se esperava.

Dessa maneira, use um repetidor de sinal somente quanto ele for necessário: em imóveis com inúmeros cômodos e com tamanho que não permite a distribuição completa e homogênea da internet.

Além disso, caso resolva comprar um repetidor, lembre-se de conferir o seu modem e, também, de buscar uma loja especializada.

5. Falha na prestação de serviços da operadora

Finalmente, é claro que os problemas de Wi-fi também podem decorrer de falhas na prestação de serviços da operadora.

Para conferir se esse é o caso, hoje muitas operadoras oferecem aplicativos e sites para testagem do sinal da internet. 

Se for necessário, não deixe de entrar em contato com a sua operadora para relatar os problemas e, assim, encontrar a melhor solução.